Segurança da informação nas empresas: proteção da rede, sistemas atualizados e educação dos usuários

Devido aos riscos gerados por ataques e pelos números de incidentes com segurança da informação, dar a devida atenção a esse tema deve fazer parte da estratégia dos gestores e responsáveis por setores de tecnologia nas empresas.

A edição semestral do Relatório de Ameaças Cibernéticas 2018 da SonicWall, traz dados preocupantes em relação ao número de malwares, ataques de Ransomware e demais ameaças existentes. De acordo com o relatório, a quantidade de ataques vem crescendo em nível recorde desde 2017 e não mostrou sinais de redução no primeiro semestre de 2018. Somente nos dois primeiros meses de 2018 foram registrados 5,99 bilhões de ataques de malware em todo o mundo. Em relação aos ataques de Ransomware, que haviam reduzido entre 2016 e 2017, voltaram a crescer: somente no primeiro semestre de 2018 tivemos a quantia de 181,5 milhões de ataques, o que representa um crescimento de 229% em relação ao mesmo período de 2017.

No Brasil, o número de ataques cibernéticos praticamente dobrou nos primeiros 6 meses de 2018. Nesse período foram detectados 120,7 milhões de ataques, o que representa um aumento de 95,9% em relação ao ano anterior. O Brasil também concentra 55% de todos ataques de Ransomware da América Latina, onde o principal foco são empresas. Em 2017 foram registrados 134 mil incidentes de Ransomware em empresas brasileiras. E como a maioria dos ataques de segurança não são relatados, estima-se que os incidentes fiquem perto de 350 mil.

Embora empresas de todos os setores sofram com incidentes de segurança como a perda de dados, os segmentos mais visados nos ataques são os da saúde, finanças e manufatura, já que estes possuem uma dependência muito maior dos dados e da disponibilidade de sistemas.

Diante desse cenário alarmante, a pergunta que todos gestores devem fazer: o que fazer para manter a empresa protegida contra os riscos de segurança?

A resposta para essa pergunta é muito ampla e complexa, principalmente porque uma rede e os dados das empresas podem sofrer ataques de inúmeras formas diferentes e de origens distintas. Por exemplo, a rede e os computadores podem estar bem protegidos com Firewall e antivírus atualizado, mas se um usuário conectar um pendrive infectado em algum computador, um vírus pode infectar a rede, ou então se qualquer usuário clicar em link nocivo de algum e-mail falso, seu computador pode ser infectado e a rede ser comprometida.

Por isso quando se fala em segurança da informação, deve-se sempre buscar uma visão ampla dos riscos e a palavra chave para evitar incidentes é sempre: PREVENÇÃO!

Embora seja muito difícil estar completamente protegido, com algumas medidas até mesmo simples, é possível reduzir consideravelmente os riscos de ataques de Malware e Ransomware. Empresas e profissionais especializados apontam 3 pontos a serem abordados nas medidas tomadas na empresa:

  • Proteção da rede e da navegação na Internet
  • Manutenção e atualização constante de sistemas
  • Orientação dos usuários para identificar riscos e prevenir ataques

Vamos abordar cada um desses pontos em separado de forma mais detalhada:

Proteção da rede e da navegação na Internet

Para manter a rede da empresa protegida é fundamental a utilização de um Firewall, com regras e bloqueios adequadamente configurados e atualizados. A solução de Firewall é bastante ampla e pode ser implementada de forma simples com regras padrão para proteção contra vulnerabilidades mais conhecidas ou uma implementação mais completa e complexa, com proteção em diferentes camadas de rede e níveis de riscos.

Uma das principais portas de entrada para ataques e incidentes é a navegação na internet, usuários sem atenção podem facilmente clicar em links desconhecidos ou mensagens de e-mail falsas, que levam para sites nocivos, os quais instalam um malware na rede, muitas vezes sem a percepção do próprio usuário. Depois que o vírus está dentro da sua rede, é muito difícil evitar problemas maiores, como sequestro de dados, que é o tipo de ataque muito comum hoje em dia, conhecido como Ransomware.

Para evitar esse tipo de situação é importante proteger e controlar a navegação, através de ferramentas que evitam o acesso a sites nocivos e permitam até mesmo a restrição de alguns tipos de conteúdo que apresentam maiores riscos, como sites de download, jogos, violência e pornografia.

Claro que é sempre importante avaliar o investimento necessário para ficar protegido, no mercado existem soluções avançadas a custos altíssimos, geralmente viáveis apenas para empresas de grande porte, mas também há soluções práticas e acessíveis, que mantenham a rede protegida de forma confiável e eficiente.

Para definir a solução de Firewall e proteção da navegação a ser utilizada deve ser feito uma análise das alternativas, avaliando o investimento necessário, custos de manutenção e atualizações e a relação dos benefícios com o investimento.

São muitas as alternativas, começando por soluções complexas com servidores de rede em Linux com firewall, proxy e outros serviços. Também pode ser utilizado o pfSense como alternativa de software livre ou ainda soluções conhecidas como Firewall UTM, opções do mercado são o SonicWall, FortinetJuniper Networks, Sophos, entre outros. Essas soluções têm como característica comum a necessidade de alto investimento em equipamentos e necessidade de manutenção constante por profissionais especializados.

Para empresas que buscam uma solução eficiente e profissional, sem precisar de alto investimento e grande envolvimento de profissionais técnicos especializados, uma excelente alternativa é o sistema da Lumiun Tecnologia, que oferece possibilidade de proteção com Firewall e controle da navegação de forma prática e eficiente, com custos bem acessíveis e ótima relação entre retorno e investimento. A solução tem uma implementação bastante simples e pode ser gerenciada até mesmo por usuários sem conhecimento técnico em TI, o que torna a manutenção e atualizações muito mais fácil e com menor custo.

Manutenção e atualização constante de sistemas

As formas de ataque mudam e evoluem constantemente, geralmente explorando vulnerabilidades de sistemas e servidores de rede ou a falta de conhecimentos e curiosidade dos usuários.

Fabricantes de sistemas e antivírus acompanham em tempo real o surgimento de novos métodos ou técnicas de ataque e sempre que identificado algo novo, rapidamente implementam correções e a proteção adequada em seus sistemas.

Por isso é fundamental manter todo e qualquer sistema utilizado na sua empresa sempre atualizado! Atualizar periodicamente os sistemas operacionais e navegadores como o Chrome, utilizar uma versão de antivírus credenciada mantendo sempre atualizado, além de revisar as políticas de segurança e configurações de roteadores para identificar possíveis falhas ou vulnerabilidades na rede.

Entre as medidas mais importantes e eficientes para prevenção é a utilização de um bom antivírus. Não é recomendado a utilização de versões gratuitas de antivírus nas empresas, pois as atualizações podem demorar e a proteção pode ficar ineficiente. As melhores opções de antivírus são:

Orientação dos usuários para identificar riscos e prevenir ataques

Tão importante quanto as medidas anteriores, é orientar os usuários a identificarem possíveis ameaças e evitarem ações que possam permitir a entrada de algum vírus. Antes de qualquer medida a ser implementada, comece orientando os colaboradores da sua empresa sobre os riscos e prejuízos, formas de ataque e o que fazer para evitar incidentes.

Os criminosos buscam explorar a falta de conhecimento e curiosidade dos usuários, enviando mensagens falsas por e-mail, com assuntos populares ou se passando por pessoas conhecidas e confiáveis, induzindo os usuários a clicarem em links contidos no conteúdo das mensagens, que direcionam para sites nocivos, essa técnica é conhecida como phishing.

Esses métodos usam técnicas de engenharia social, tentando enganar os usuários com mensagens que parecem verdadeiras. Por exemplo mensagens de cobranças bancárias, ofertas e promoções de produtos ou oportunidades de trabalho. Ao clicar em um link nocivo desses, o usuário será direcionado para uma página falsa, que pode capturar dados importantes ou instalar um vírus, malware ou Ransomware na rede, que uma vez instalado, fica muito difícil evitar problemas maiores.

O ideal é que a empresa defina regras e tenha um manual para uso seguro dos equipamentos de tecnologia e da internet.

Outro item que deve ter atenção e orientação para os colaboradores, é quanto a utilização de senhas seguras. Mais de 50% das falhas em segurança da informação tem relação com a utilização de senhas fracas e inseguras. Portanto é importante a empresa compartilhar com os profissionais orientações para criação de senhas e gestão de contas de usuários.

Mesmo tomando todas essas medidas, nunca será possível afirmar que a sua rede e informações da sua empresa estão 100% seguras. Por isso, nunca deixe de ter uma política de backup adequada, fazendo cópia dos dados relevantes periodicamente e armazenando essas informações em locais distintos e protegidos.

Não espere passar por situações críticas como perda de dados para tomar medidas de prevenção!

As medidas abordadas nesse artigo podem ser implementadas sem maiores investimentos e esforços e com certeza podem evitar muita dor de cabeça para você como gestor ou responsável pela área de tecnologia da sua empresa.

Se você tem alguma consideração ou sugestão sobre o que fazer para manter as empresas seguras na internet, compartilhe conosco nos comentários!

A Lumiun é uma das 117 startups que estão mudando a TI no Brasil

O estudo Liga Insights IT Startups, realizado pela Liga Ventures com apoio do Ibmec e Astella Investimentos, posicionou a Lumiun como uma das 117 startups que estão mudando a TI no Brasil. O relatório mostra um panorama das startups brasileiras que estão desenvolvendo soluções inovadoras para a área de TI. Foram analisadas 10.085 startups e a Lumiun ficou entre as 14 selecionadas na categoria Segurança, Fraude e Validações.

A Lumiun protege seus clientes das ameaças da internet e permite que aumentem a produtividade, com menos desperdício e reduzindo riscos. Através de uma solução baseada em nuvem para gestão do acesso à internet nas empresas, possibilita a implementação eficiente de políticas que visam ampliar a segurança da informação e a produtividade da equipe.

As novas tecnologias estão transformando cada vez mais indústrias e setores, em meio a uma revolução digital. O desenvolvimento acelerado das corporações norteia a maneira como a sociedade e as organizações irão acompanhá-las. Por isso é importante entender como serão os desdobramentos das inovações tecnológicas no futuro das corporações. Consequentemente, também é importante compreender de que forma está ocorrendo a inovação na área de Tecnologia da Informação (TI), tendo em vista a relevância dessa área na estruturação de inovações em conjunto com outras áreas e departamentos das organizações.

Conforme levantamento da Brasscom, a previsão é de que os investimentos na área de Segurança da Informação, para o período de 2018 a 2021, tenham crescimento de 12% ao ano, chegando a R$ 22,8 bilhões. O setor de Tecnologia da Informação e Comunicações (TIC) respondeu por 7,1% do PIB em 2017.

O estudo publicado pela Liga Ventures também menciona dados de outros importantes relatórios da área de TIC:

  • No levantamento das previsões da IDC Brasil para 2018, 63% das empresas entrevistadas afirmaram que ampliaram o orçamento destinado a segurança. Pela previsão, os investimentos em segurança devem crescer no Brasil cerca de 9% em 2018.
  • Análise da consultoria Gartner estima que investimentos em cybersecurity, em âmbito global, possam chegar a US$ 96 bilhões em 2018, 8% a mais que o ano anterior. Desse valor, US$ 17 bilhões destinados a proteção de infraestrutura e US$ 57 bilhões destinados a serviços de segurança.
  • Estudo mundial da Cisco (Cisco 2018 Annual Cybersecurity Report) apontou que 53% dos ataques resultaram em perdas financeiras com valores superiores a US$ 500 mil, referentes à perda de clientes, de receita e oportunidades.

Além de Segurança, Fraude e Validações, o estudo Liga Insights IT Startups incluiu também startups que apresentam algum tipo de atividade, serviço e/ou produto relacionados às seguintes categorias: Blockchain e APIs; Busca e Seleção de Profissionais; Cloud Manager e Otimização; Colaboração e Produtividade; Data Science e Enriquecimento de Dados; Formação; Gestão de Projetos, Tarefas e Tempo; RPA e Workflow; Service-Desk e Help-Desk; Soluções de Bots; Soluções para Desenvolvimento; e Soluções para UX e UI.

O relatório pode ser acessado em https://insights.liga.ventures/itstartups

 

Liga Insights IT Startups - Landscape 117 Startups
117 startups que estão mudando a TI no Brasil

 

A Lumiun Tecnologia é uma solução de segurança e gestão do uso da internet focada em empresas de pequeno e médio porte, tendo como grande diferencial a facilidade na implementação e gerenciamento, sem necessidade de profissionais especializados para manutenção e operação do sistema.

Para saber como tornar o uso da internet mais seguro e produtivo na sua empresa, acesse www.lumiun.com.

 

Comunicação interna nas empresas: como melhorar o relacionamento com os colaboradores

Manter uma boa comunicação entre a empresa e seus colaboradores é fundamental para a criar um ambiente corporativo saudável e produtivo. Já que é por meio da comunicação que os gestores e sócios das empresas conseguem interagir e trocar informações com suas equipes, passando para os colaboradores a visão da empresa e os objetivos do negócio, da mesma forma, é importante extrair dos profissionais sua visão sobre o ambiente de trabalho, andamento das tarefas e sugestões do que pode ser melhorado na empresa.

Quando a comunicação não é realizada de forma efetiva dentro da empresa, podem surgir inúmeros problemas, que com o tempo tendem a se agravar, prejudicando o ambiente de trabalho, a execução das tarefas, a produtividade da equipe e os resultados do negócio.

Sabe-se que em boa parte das empresas não existe uma política padronizada de comunicação interna. Porém, nas empresas que possuem, embora geralmente não se tenha um setor destinado para esta atividade, na maioria dos casos a responsabilidade fica dividida entre os setores de Recursos Humanos e Marketing.

No entanto, mesmo sendo uma atividade fundamental, muitas empresas não valorizam a importância de manter processos de comunicação interna e acabam possivelmente alcançando resultados abaixo do que poderiam alcançar se houvesse uma comunicação interna eficiente.

Pesquisa sobre comunicação interna nas empresas

Em uma pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Comunicação Empresarial (ABERJE), para mapear as práticas adotadas pelas organizações em relação ao seu processo de comunicação interna, foram realizadas entrevistas em 179 empresas de diversos segmentos e setores da economia, todas classificadas na lista das 1.000 maiores empresas do Brasil.

Os dados da pesquisa mostraram o crescente aumento da função estratégica desempenhado pela comunicação interna, em 50% das empresas participantes, a comunicação organizacional teve reporte direto à presidência da organização.

Para 76% das empresas participantes, a área de comunicação corporativa ocupa os níveis mais elevados na estrutura organizacional dessas empresas, sendo 34% no nível de diretoria e 34% no nível de gerência.

O que mostra a importância do engajamento dos gestores no desenvolvimento da comunicação interna da empresa. No desenvolvimento das atividades relativas à comunicação interna, 64% das empresas participantes, contam com a realização conjunta entre profissionais da equipe interna e equipe externa (fornecedores).

Analisando a pesquisa realizada pela ABERJE, podemos perceber que existe uma necessidade crescente do acompanhamento contínuo e troca de informações com os colaboradores e equipes para auxiliar e garantir os melhores resultados na aplicação da comunicação interna. O que já era necessário, nos dias atuais com a competitividade no mercado, tornou-se fundamental.

Como estabelecer uma boa comunicação interna?

Bom, você pode começar de diversas formas, o mais importante é avaliar de forma contínua o andamento dos processos de comunicação e se a troca de informações está ocorrendo como planejado.

Hoje em dia é fundamental explorar os serviços que a tecnologia oferece, agilizando e potencializando a troca de informações entre gestores, equipes e diferentes setores. Listamos algumas dessas ferramentas:

  • Sistema de intranet
  • Blog corporativo interno
  • Rede social corporativa
  • E-mail institucional, listas de e-mail e newsletter
  • Reuniões online e videoconferência
  • Serviços de comunicação instantânea como Slack, Skype ou WhatsApp

Também temos meios tradicionais e muito eficientes de comunicação:

  • Mural de recados
  • Reuniões coletivas
  • Eventos e convenções
  • Manual ou cartilha do colaborador
  • Caixa de sugestões

Como você pode perceber, são muitas formas que pode ocorrer a troca de informações internamente na sua empresa. Por isso antes de passar a utilizar qualquer forma de comunicação, é importante ter claro entre os gestores os objetivos e limites em cada processo de comunicação.

Claro que as formas que ocorrem a troca de informação mudam, principalmente pelo número de colaboradores e pela distribuição física destes na empresa. Por exemplo, se sua empresa possui apenas uma sede sem unidades ou filiais, fica mais fácil centralizar avisos em um mural de recados, em um local de convivência da equipe, o que daria muito mais trabalho em uma empresa com dezenas de unidades.

Listamos alguns passos a serem seguidos na escolha e implementação das melhores práticas de comunicação corporativa interna na sua empresa:

1 – Análise da situação atual

Antes de começar qualquer tipo de reestruturação ou implantação, é importante saber como ocorre a troca de informações entre a empresa e seus colaboradores, entre os setores e suas equipes.

O primeiro passo deve ser no sentido de entender qual é o maior problema existente na comunicação entre a empresa e os seus colaboradores. Por exemplo, quais informações do negócio são compartilhadas para os gestores, setores e colaboradores. Também é necessário avaliar a eficiência das formas de comunicação utilizadas, por exemplo quando um comunicado é emitido por algum canal de informação, verificar se todos os colaboradores de fato acessam e tomam conhecimento daquela informação.

O problema da comunicação interna pode estar no canal de comunicação utilizado, na forma de compartilhamento das informações ou no acesso dos colaboradores às informações.

2 – Definir os objetivos e responsáveis pela comunicação

A comunicação ideal para a sua empresa deve ter clareza, agilidade e simplicidade, pois dessa forma favorece o alinhamento de todos os colaboradores em relação aos procedimentos da empresa, evitando mal-entendidos e interpretações erradas.

Para alcançar esse modelo ideal, é necessário primeiro ter claro quais informações devem ser compartilhadas dentro da empresa, quem deve ter acesso a cada tipo de informação e quem será o responsável por compartilhar e acompanhar os resultados gerados. Por exemplo, o diretor de cada departamento deve ser responsável por compartilhar os objetivos estratégicos do negócio para a sua equipe e este deve garantir que as atividades do setor estejam alinhadas com esses objetivos.

3 – Definir os canais e padrões de comunicação

Como já listamos acima, há inúmeras formas de transmitir as informações da empresa entre os colaboradores. A escolha dos canais a serem utilizados deve atender o tipo de informação a ser transmitido, a urgência que a informação deve ser acessada e o nível de formalidade e garantia de acesso que cada informação exige.

Além disso, é necessário considerar o perfil e contexto de trabalho da equipe, por exemplo em um escritório de contabilidade uma informação deve ser compartilhada de forma diferente que para os operadores em uma indústria.

Listamos alguns dos canais mais utilizados e suas principais características:

Mural de recados: utilizado para divulgação de comunicados gerais da empresa, com informações que devem estar acessíveis a todos os colaboradores. É recomendado que os murais fiquem em locais de convivência na empresa, como o local de registro ponto, refeitórios ou vestiários. Também pode ser interessante criar murais de recados em cada setor/departamento da empresa, para divulgação de todas informações relacionadas somente ao setor.

E-mail: é o canal ideal para uma comunicação sem urgência (pois até 24 horas é um período de resposta aceitável) e alta formalidade (pois todas as mensagens ficam registradas para o emissor, o receptor e a própria empresa). Porém, não é ideal que o e-mail seja usado para tratar de assuntos negativos, como demissões, pois retira um pouco da pessoalidade necessária para tal situação. Para segmentar o envio de mensagens pode ser usado listas de e-mail, agrupando nas listas e-mails por setores ou hierarquia dentro da empresa.

Reuniões: as reuniões são importantes para compartilhamento e debate de informações estratégicas da empresa ou setores em específico. Nesses casos, como a informação da mensagem costuma ser altamente relevante, é interessante que exista um meio escrito acompanhando para registrar os principais pontos debatidos na reunião, por exemplo, uma ata ou documento que todos tenham acesso.

Eventos: Promover eventos é uma excelente maneira para divulgar campanhas institucionais e integrar a equipe. Por exemplo, realizar uma convenção reunindo todas equipes para treinamento e divulgação de campanhas é uma excelente maneira de motivar os colaboradores para o alcance das metas da empresa. Também é interessante promover eventos de integração em datas festivas, para estimular o relacionamento entre os profissionais.

Comunicadores instantâneos: em muitas equipes está sendo utilizado o Whatsapp como canal de comunicação, o que pode dar muito certo para o troca de informações gerais que precisam chegar rapidamente ao receptor. Por outro lado, não é indicado para mensagens complexas, que requerem um formato mais longo e explicativo. Outra boa opção de serviço de comunicação entre equipes é o Slack.

4 – Criar documentos com orientações/regras de comportamento no trabalho

Toda empresa tem (ou deveria ter) um conjunto de regras e orientações de como os colaboradores devem se comportar no ambiente de trabalho. Essas orientações podem contemplar que tipo de roupas podem ser usadas, como se relacionar com os colegas, como deve ser realizado o atendimento aos clientes, diretrizes para utilização de sistemas e realização de tarefas, horários de trabalho e intervalos e tudo mais que abrange o desempenho das atividades dentro da empresa.

É recomendado que a empresa agrupe todas essas orientações em um documento, que deve ficar acessível aos colaboradores em formato digital e impresso. Em empresas maiores, talvez seja necessário a criação de documentos específicos para cada setor/departamento, com as orientações que contemplam as atividades do departamento, por exemplo um setor de vendas, com informações sobre os serviços da empresa, padrões de atendimento e exigências em relação a utilização do sistema de vendas e lançamento de pedidos.

Como aqui na Lumiun nosso objetivo é tornar o uso da internet mais seguro e produtivo nas empresas, não podemos deixar de abordar a utilização da tecnologia no ambiente de trabalho. Para prevenir problemas de segurança como perda de dados e também evitar o desperdício de tempo dos colaboradores, sugerimos a criação de um documento com diretrizes em relação ao uso dos celulares para atividades pessoais e também que tipos de conteúdos e sites podem ser acessados durante o trabalho. Inclusive, fornecemos um modelo de documento que pode ser utilizado na sua empresa.

Concluindo, como já falamos, manter uma boa comunicação interna nas empresas é fundamental para criar um ambiente de trabalho saudável e produtivo.

Para que isso ocorra, não é necessário grande investimento ou esforço, basta definir os objetivos claramente, que tipo de informações devem ser compartilhadas, quem pode/deve ter acesso a cada informação e quem são os responsáveis por compartilhar e monitorar os resultados da comunicação.

O conteúdo do artigo foi relevante pra você? Compartilhe conosco nos comentários como sua empresa se faz para manter uma boa comunicação com os colaboradores e qual o impacto no ambiente de trabalho e produtividade!

Ferramentas online para melhorar a gestão em pequenas e médias empresas

Hoje em dia, com a quantidade de informações e dados que precisamos processar e analisar nas empresas, fica complicado acompanhar tudo a todo momento. É nesse sentido que ferramentas e serviços online para gestão podem auxiliar os gestores em seus desafios na busca de uma administração eficiente dos recursos e processos que fazem parte da sua empresa.

Considerando o mercado competitivo atual, sabemos que as empresas precisam buscar mais eficiência e produtividade para que possam se colocar à frente de seus concorrentes. Por isso extrair o máximo de resultados em todos os setores e processos da sua empresa é fundamental.

Existem soluções robustas de gestão como ERPs, que são bastante complexas e demandam alto investimento, por isso podem não ser a melhor opção para empresas de pequeno e médio porte.

Para as PMEs a melhor alternativa é utilizar serviços focados em atender setores e necessidades específicas do seu negócio, como a parte financeira, vendas, controle de tarefas, atendimento a clientes, armazenamento de arquivos e recursos de tecnologia e internet.

Usar soluções especializadas é uma maneira de otimizar a execução da tarefas e potencializar os resultados em todas áreas do seu negócio. Para auxiliar na sua análise, listamos alternativas de ferramentas online especializadas nas diferentes áreas e setores da sua empresa, que podem auxiliar você a ter uma gestão eficiente e de resultados na sua empresa.

Vejamos então as opções de serviços para cada uma das áreas:

Gestão financeira

ContaAzul

O ContaAzul é um dos melhores e mais conhecidos sistemas online de gestão financeira para micro e pequenas empresas. Com o serviço é possível controlar as movimentações financeiras, suas vendas, seu estoque e emitir nota fiscal eletrônica sem complicação e por um preço justo. Além disso, possui um bom atendimento e suporte ao cliente por telefone, e-mail e chat, incluso em sua assinatura.

Nibo

Para fazer a gestão financeira você também pode contar com o Nibo, software que é sinônimo de simplicidade. Está disponível tanto para empresas como para contadores e conta com mais de 50 mil clientes, oferecendo tranquilidade através de funcionalidades, como: emissão de nota fiscal, emissão de boletos bancários, fluxo de caixa, conciliação bancária e integração contábil. O investimento fica um pouco abaixo do ContaAzul, dependendo do plano contratado.

QuickBooks ZeroPaper

Inicialmente conhecido como apenas ZeroPaper, o QuickBooks é uma ferramenta para quem busca uma solução prática e acessível, já que possui forte diferencial nos valores, sem deixar a desejar nos recursos disponíveis. Se você busca uma solução de menor investimento e sem necessidade de recursos elaborados, com certeza é uma excelente alternativa.

Controlle

O Controlle é a versão empresarial do gestor de finanças pessoais Organizze. É mais uma ferramenta com destaque na simplicidade, com valores intermediários entre o ZeroPaper e Nibo/ContaAzul.

Existem inúmeras alternativas de serviços para gestão financeira, o ideal é você entender bem as suas necessidades e a partir disso avaliar os benefícios e a melhor relação de retorno do investimento entre as alternativas disponíveis.

Gestão de projetos e tarefas:

Runrun.it

O Runrun.it é uma solução completa para gestão de projetos, tarefas e fluxos de trabalho, permitindo acompanhar o tempo gasto pela equipe em cada tarefa e visualizar relatórios gerenciais que permitem uma visão completa do andamento das atividades. Possui a opção de teste por 14 dias para avaliação, após esse período é necessário adquirir um plano pago.

Trello

Possivelmente o Trello seja a ferramenta mais utilizada no mundo pelas empresas para gestão de processos e tarefas, devido a sua simplicidade e praticidade. O serviço é baseado em quadros de trabalhos onde basta definir o fluxo de processos e tarefas a serem realizadas, organizando cada tarefa por responsável e área relacionada. Em sua versão grátis é possível um bom controle com as funcionalidades disponíveis, recursos avançados estão disponíveis nas versões pagas.

Acelerato Projetos

Esta é uma ferramenta desenvolvida pela Bluesoft, que permite uma gestão completa de projetos e distribuição de tarefas por equipe, além de relatórios com o andamento das atividades. Possui apenas a opção de teste por 15 dias, sem plano gratuito, e o investimento é próximo das outras alternativas, sempre com valores baseados no número de usuários.

Para gestão de projetos, temos ainda mais opções disponíveis, para todos os gostos e necessidades. Novamente, avalie os benefícios e escolha a que melhor se encaixa nas suas necessidades. Geralmente soluções simples são a melhor opção para que está começando.

Gestão de documentos e arquivos

O armazenamento de arquivos em nuvem já é uma realidade em boa parte das empresas, visto que são muitos os benefícios, pois não há necessidade de investimento em servidores de arquivos e backup, por exemplo. Além da praticidade de ter os arquivos disponíveis em qualquer local ou dispositivo.

Dropbox

Com o Dropbox você pode salvar os arquivos em nuvem e acessar de qualquer local. O serviço é uma forma segura de armazenar e compartilhar arquivos. E pra facilitar a utilização é possível instalar um aplicativo que pode ser instalado em computadores ou dispositivos móveis. Há opção de utilização sem custos com limite de espaço disponível e planos pagos de acordo com a capacidade de armazenamento necessária.

Google Drive

O Drive é a solução de armazenamento do Google, por isso dispensa apresentação. Além da facilidade e praticidade na utilização, uma grande vantagem é a possibilidade de criação e edição de documentos, planilhas e apresentações online e de forma compartilhada e colaborativa entre vários usuários. Possui integração com sua conta do Google e permite o acesso via aplicativo. No plano gratuito o limite de armazenamento é de 5GB, a partir disso há diferentes opções de acordo com o espaço necessário.

Gestão de Vendas

Se sua empresa ainda não utiliza uma ferramenta de CRM (Customer Relationship Management) para gerenciar o funil de vendas e atividades dos vendedores, pense nisso como prioridade!

Pipedrive

O Pipedrive é dos principais CRM disponíveis no mercado, possuindo mais de 50.000 clientes em todo o mundo. Sua principal característica é a praticidade com que a plataforma permite a gestão do fluxo de vendas e tarefas a serem realizadas pelos vendedores, aliados a recursos completos de gestão. Também possui aplicativo para acompanhamento das vendas em dispositivos móveis. Os valores e planos disponíveis são acessíveis, considerando os benefícios e comparado a outras alternativas.

Salesforce

A Salesforce é referência entre as ferramentas de gestão de vendas, pois é precursor em muitos conceitos de gestão de vendas e desenvolve aplicativos de gestão inovadores. Por ser uma ferramenta mais completa e robusta, é voltado para empresas que demandam mais funcionalidades e possuem mais orçamento disponível.

Agendor

O Agendor é uma solução totalmente brasileira, que não deixa nada a desejar se comparado a ferramentas mais utilizadas no mundo, como o Pipedrive. Se destaca pela simplicidade e possui funcionalidades completas, além de disponibilizar o acesso via aplicativo em dispositivos móveis. Os valores são bem competitivos, por isso é uma boa alternativa a ser analisada. Também possui uma versão gratuita para até 2 usuários.

Outras alternativas que podem ser avaliadas são o Sugar CRMZoho CRM e o HubSpot CRM, que é gratuito.

Também temos dezenas de soluções disponíveis no mercado, então analise os prós e contras de cada opções e fique com a que melhor lhe atende.

Gestão de comunicação interna:

Para comunicação entre as equipes e colaboradores, há muitas formas de resolver essa necessidade, desde o tradicional e-mail, até ferramentas de conversa online ou intranet corporativo. O importante é permitir e incentivar essa comunicação e principalmente a troca de conhecimento entre os colaboradores.

Slack

Vale a pena destacar o Slack como ferramenta para comunicação entre equipes. O serviço permite a troca de mensagens baseado em times e canais de interesse, além de conversa direta entre membros de cada equipe. Ainda é possível o envio de arquivos, busca no histórico de mensagens e integração com inúmeros outros serviços online. Cada usuário pode fazer parte de vários times e o acesso pode ser via site, aplicativo desktop ou mobile. E o melhor, sua empresa pode utilizar tudo isso sem custo, a cobrança é necessária apenas para recursos avançados e times maiores.

WhatsApp

Esse dispensa apresentação, já que é usado pela imensa maioria de usuários de internet. No caso de ser usado como ferramenta de comunicação entre colaboradores, é importante boa orientação para que não se torne um canal de conversas desnecessárias e fora do escopo de trabalho.

Outra boa opção é o Skype, que além de permitir conversar internas, pode ser usado para comunicação com clientes e fornecedores.

Gestão de atendimento a clientes

Para atendimento e suporte a clientes também temos dezenas de serviços disponíveis. Se esse atendimento é uma atividade relevante para o seu negócio, é importante avaliar soluções que tenham recursos que permitam um bom atendimento, já que um cliente mal atendido e insatisfeito com certeza é uma das últimas coisas que você quer para sua empresa.

Dependendo do negócio, o atendimento pode ser realizado por e-mail e telefone, nesse caso é importante disponibilizar canais de comunicação e retornar todos contatos com rapidez. Também é necessário que os atendimentos sejam armazenados para que o gestor possa acompanhar a qualidade dos atendimentos e corrigir falhas, quando necessário.

Soluções de helpdesk também podem ser ótimas alternativas, algumas das mais conhecidas e usadas no mercado são o ZenDesk e o Freshdesk.

Gestão de informações:

É comum termos ideias ou encontrarmos conteúdos úteis ao longo do dia e por falta de registro acabar esquecendo tudo. Pra resolver esse problema o Evernote é excelente, pois é possível guardar anotações, endereços de internet, áudios, vídeos, imagens e tudo que tenha alguma conteúdo relevante para você e sua empresa.

Gestão de marketing:

Sabemos que o conceito de marketing é bastante abrangente, já que contempla toda forma de comunicação que a sua empresa faz para com o mercado e seus clientes. Por isso vamos listas algumas alternativas para algumas das formas e canais utilizados hoje em dia na internet para divulgação das empresas:

Redes sociais
E-mail marketing
Marketing Digital

Se tratando de marketing, cada canal de divulgação possui diferentes formas de gestão. Para que você possa ter bons resultados, é sugerido priorizar alguns canais e ferramentas a serem utilizadas, para extrair o máximo que estes podem contribuir para sua empresa.

Gestão da internet:

Não menos importante, é gerenciar o uso da internet na sua empresa, considerando a relevância que esse recurso tem na execução das atividades pela equipe e funcionamento dos sistemas usados pela empresa. O controle da navegação também evita a perda de foco e desperdício de tempo dos colaboradores.

A Lumiun Tecnologia é uma excelente opção para tornar o uso da internet mais seguro e produtivo na sua empresa. Pois é um serviço de fácil instalação, gerenciamento simplificado e demanda baixo investimento, diferente de outras soluções disponíveis no mercado que exigem alto investimento com aquisição de servidores e manutenção, além de profissionais técnicos altamente especializados.

Por fim, podemos concluir que existem excelentes opções de serviços online que permitem você otimizar a gestão da sua empresa, em todos os setores.

Como já foi dito, a eficiência e produtividade hoje em dia é um diferencial para as empresas e bons resultados são gerados com dedicação, inteligência e também com a contribuição de ferramentas que possam facilitar a administração do seu negócio. Portanto, em cada área ou necessidade que sua empresa tenha, considere utilizar serviços online para melhorar sua gestão, analise as alternativas, avalie o retorno do investimento e invista na melhor opção.

Esperamos que o artigo tenha sido útil. Se você utiliza ou recomenta outras ferramentas para as áreas abordadas no artigo, por favor compartilhe conosco nos comentários!