Pressione enter para ver os resultados ou esc para cancelar.

A internet da sua empresa é utilizada corretamente? Descubra agora mesmo

Conforme a Internet vai se tornando cada vez mais presente e relevante para os negócios e atividades profissionais, aumentam as dúvidas sobre como manter a privacidade e segurança na Web, de forma que não prejudique os negócios. Armazenar informações pessoais, dados privados e financeiros da empresa e mantê-los protegidos pode ser difícil, mas é possível evitar a grande maioria dos golpes, spyware e violações de privacidade.

Por isso, elaboramos algumas dicas para você saber se a internet da sua empresa está sendo utilizada de forma correta pelos colaboradores, evitando ameaças, ou se está livre para possíveis ataques virtuais.

Verificação da segurança do site

Muitas vezes os seus colaboradores podem estar navegando na internet procurando por algo, ou então somente passando o tempo, caso exista uma política de utilização da internet flexível e acabam “migrando” de site em site. Esse tipo de comportamento pode ser prejudicial para a empresa, levando em conta a segurança. Como hoje existe uma infinidade de sites disponíveis para acesso, se não for realizada a verificação de segurança e confiabilidade, é fácil cair em uma cilada.

Alguns sites solicitam informações pessoais para conectar-se à sua conta ou para concluir uma transação. Hackers, ladrões e programadores de spyware sabem disso, e muitas vezes tentam interceptar suas informações durante essas transações. Portanto, sempre use sites e empresas seguros e exija que as regras de acesso sejam cumpridas adequadamente pela sua equipe.

Em primeiro lugar, as suas informações somente devem ser entregues para empresas respeitadas, e então verifique se o site da empresa usa um endereço da Web que começa com “https” e se possui um símbolo de cadeado na barra de endereço ou na parte inferior do navegador. Isso significa que o site criptografa suas informações, praticamente inutilizando os dados para qualquer ladrão ou hacker que possa interceptar a transmissão.

link-https-cuidado-segurança-acesso-a-internet

Nada é de graça

Na internet está cheio de pessoas boas querendo oferecer presentes e ofertas maravilhosas e irrecusáveis? Raramente. Muitas vezes aparece um concurso tentador nas redes sociais com o sorteio de vários produtos de tecnologia ou até mesmo anúncios para você receber presentes ou brindes em casa.

É preciso ficar atento a esse tipo de campanha, já que boa parte dessas promoções pede que você preencha um cadastro com dados pessoais para poder concorrer. Esses concursos costumam animar as pessoas, por isso no ambiente de trabalho pode ser importante ficar atento sobre o que os funcionários acessam, para que não acabem colocando dados sigilosos da empresa em risco.

Cibercriminosos usam esses ataques para coletar informações que podem ser usadas em ataques de roubo de identidade. É importante saber que esses hackers estão a todo momento em busca de algo, no caso alguma rede para infectar.

Existe também o ransomware, que é um tipo de software malicioso (malware) criado com o intuito de bloquear o acesso a arquivos ou sistemas para só liberá-los após o pagamento de um valor especificado. É como se fosse um sequestro, mas virtual. Apesar de serem vistos como um problema de segurança recente, os ransomwares não são um conceito novo: as primeiras referências a esse tipo de praga digital remetem ao final da década de 1980.

Senhas qualificadas

Grande parte das pessoas utilizam senhas fáceis de memorizar, ou que lembram datas como nascimento, aniversário de alguém ou números como “123456”. Na maioria das vezes não é a melhor opção. Do e-mail as redes sociais, passando pelo internet banking. As senhas são um componente essencial da nossa vida na internet. As senhas devem proteger nossa informação de acessos não desejados. Quanto mais forte a senha, é mais difícil de quebrar.

Essa preocupação com senhas qualificadas precisa vir de todos os colaboradores, não somente das que acessam informações mais importantes, como dados bancários. Em um relatório da SplashData, percebeu-se que muitas pessoas utilizaram senhas fáceis e muito perigosas em 2016. Saiba quais foram as 25 senhas mais utilizadas no mundo em 2016. Se você deseja se proteger mais adequadamente, utilizando senhas seguras e mais fortes, pode conferir o nosso guia para criação e gerenciamento de contas de usuário e senhas seguras. Com ele você vai conhecer um conjunto de regras e ações para criar e gerenciar senhas da melhor forma, reduzindo a chance que sejam descobertas e consequentemente ataques e ameaças.

Identificar e-mails falsos

E-mails dizendo que você tem uma dívida com uma empresa de telefonia ou afirmando que um de seus documentos está ilegal, ou ainda, a mensagem te oferece prêmios ou cartões virtuais de amor? Te intima para uma audiência judicial? Contém uma suposta notícia importante sobre uma personalidade famosa? É provável que se trate de um spam, ou seja, um e-mail falso.

Se a mensagem tiver textos com erros ortográficos e gramaticais, fizer ofertas tentadoras ou tem um link diferente do indicado (para verificar o link verdadeiro, basta passar o mouse por cima dele, mas sem clicar), desconfie imediatamente. Na dúvida, entre em contato com a empresa cujo nome foi envolvido no e-mail.

Na utilização do  e-mail corporativo é importante tomar um cuidado redobrado, porque muitas vezes os funcionários podem abrir um e-mail spam mesmo sem saber, pelo simples fato de “parecer” conter algo importante. Nesse caso informar ou dar algumas dicas, como por exemplo, cuidar o endereço do remetente, pode ser importante.

Atualização dos programas

Também é importante manter os programas da sua empresa atualizados. Muita gente pensa que as versões novas apenas adicionam recursos, mas a verdade é que elas contam também com correções para falhas de segurança. Por isso, sempre utilize a última versão dos seus programas, especialmente os que acessam a internet (navegadores de internet, clientes de e-mail, etc). Muitos aplicativos contam com uma funcionalidade que atualiza o programa automaticamente ou avisa do lançamento de novas versões. É um bom hábito deixar esse recurso ativado.

Possui algum tipo de monitoramento ou software de segurança

É uma ótima opção para quem está disposto a investir um dinheiro em busca de controlar ameaças e manter a rede mais segura. Empresas que trabalham com dados importantes e não conseguem monitorar cada funcionário da empresa, podem optar por soluções de controle de internet. Esse tipo de solução auxilia para que a rede fique mais protegida, e mantém o controle do que cada colaborador está acessando dentro da rede empresarial. Com isso o proprietário tem como fazer uma gestão e saber se o funcionário não está acessando sites nocivos, que possam vir a prejudicar ou colocar a empresa em risco.

 

Pratica alguma das dicas citadas acima. Compartilhe sua experiência conosco e aguarde mais dicas de segurança na internet!