Pressione enter para ver os resultados ou esc para cancelar.

Como configurar a busca protegida (SafeSearch) no seu computador ou sua rede

O serviço de busca protegida, conhecido como SafeSearch, está disponível nos principais sistemas de busca do mundo, como Google, Youtube e Bing. Com 0 serviço ativado no seu computador ou sua rede, é possível filtrar os resultados de pesquisas com linguagem explícita ou de conteúdo adulto, como sites de pornografia.

Quando o SafeSearch está habilitado, o serviço faz com que seja bloqueado imagens, vídeos e websites com linguagem explícita nos resultados da pesquisa.

Com o SafeSearch desativado, são sempre exibidos os resultados mais relevantes para sua pesquisa. Quando você pesquisa conteúdo com linguagem explícita, websites com esse tipo de conteúdo são exibido, por serem os mais relevantes para a busca realizada. Veja um exemplo na imagem, com os resultados exibidos para a busca “pornô”:

Resultados da busca do Google para a palavra "pornô".
Resultados da busca do Google para a palavra “pornô”.

Agora, vejamos os resultados da busca para a mesma palavra “pornô” com o serviço de busca protegida ativado:

Resultados das busca do Google para a palavra "pornô", com o serviço SafeSearch ativado.
Resultados das busca do Google para a palavra “pornô”, com o serviço SafeSearch ativado.

Os sistemas de busca utilizam métodos automatizados para identificar conteúdos suspeitos e atuam permanentemente para melhorar esses métodos. Para sites com conteúdo sexualmente explícito, o filtro baseia-se principalmente em algoritmos que analisam muitos fatores, como comentários de usuários, palavras-chaves, links e imagens. Os filtros não são 100% precisos, mas o SafeSearch permite evitar grande parte desse tipo de conteúdo.

O serviço de busca protegida (SafeSearch) pode ser usado para vários propósitos, como pais que queiram impedir que seus filhos acessem conteúdo adulto, escolas que queiram impedir que seus alunos tenham acesso a esse tipo de websites e empresas que queiram bloquear o acesso a sites de conteúdo explícito na rede corporativa.

A configuração da busca protegida é muito simples, e pode ser feita direto no navegador, através das configurações da sua conta no Google, os passos para ativar a SafeSearch no Google são:

  1. Acesse a página Configurações de pesquisa.
  2. Na seção “Filtros do SafeSearch”, marque ou desmarque a opção localizada ao lado da opção “Ativar SafeSearch”.
  3. Na parte inferior da página, clique em Salvar.

Dessa forma o serviço ficará ativado para a conta do Google à qual foi realizada a configuração. Você também pode ativar o serviço no Bing, dispositivos com Android ou no seu iPhone e iPad.

Também é possível ativar a proteção para todos dispositivos em uma rede conectada à internet. Para isso é necessário configurações específicas em roteadores e servidores da rede.

Com a utilização do Lumiun na gestão do acesso à internet na rede da sua empresa ou escola, essa configuração é extremamente simples, basta marcar a opção “Habilitar a busca protegida” nas configurações de controle de acesso, com isso automaticamente o serviço SafeSearch estará ativado para as buscas do Google, Youtube e Bing e não serão exibidos resultados de conteúdo adulto nos resultados das buscas. Veja na imagem como é simples:

Ativando o recurso de busca protegida no painel de controle do Lumiun.
Ativando o recurso de busca protegida no painel de controle do Lumiun.

Você também pode contribuir com a classificação dos sites de conteúdo explícito ou pornográfico, denunciado os sites através da ferramenta do Google para denunciar conteúdo ofensivo.

Se você ainda não tem a busca protegida na rede da sua empresa, escola ou residência, entre em contato conosco e saiba como utilizar o Lumiun na segurança e gestão do acesso à internet.