6 erros comuns das pequenas empresas e como consertá-los

Empresas de todos os tamanhos utilizam a internet hoje em dia para realizar suas tarefas cotidianas e cometem muitas vezes, erros comuns. Sendo assim, todas devem se preocupar com o funcionamento e a segurança da navegação usada por seus colaboradores.

Boa parte das instituições toma diversos cuidados para que a internet seja ágil e segura no escritório e, assim, não interfira na produtividade dos profissionais. Entretanto, geralmente as pequenas empresas não dão tanta atenção a esse assunto, por acreditarem que não correm nenhum risco.

Mas, isso é um grande erro! Elas também estão expostas e, por essa razão, devem se proteger assim como as grandes e médias empresas. Se você tem ou trabalha em um escritório de pequeno porte, esse post foi feito para você.

A seguir, mostraremos 6 erros comuns das pequenas empresas e como corrigi-los para que você possa proteger sua instituição!

Erros comuns das pequenas empresas

1. Usar senhas fracas

Até parece piada, mas o primeiro erro, e o mais comum de nossa lista é o uso de senhas fracas. Elas são facilmente descobertas por hackers e, consequentemente, os computadores do escritório também são facilmente invadidos.

Por isso, crie senhas fortes e diferentes para cada login. Para não esquecer ou confundir todas as senhas, basta usar um software que grave e gerencie todas elas para a empresa.

Além disso, compartilhar senhas é outro erro grave. Em alguns casos, os profissionais da empresa não fazem isso por mal, é apenas para facilitar o trabalho. Entretanto, isso pode causar problemas mais tarde, como colaboradores invadirem o computador de outros.

A principal solução nesse caso é conversar com os profissionais da empresa e reforçar a importância de não compartilhar as senhas empresariais.

2. Evitar backups

Outro erro comum é evitar backups por acreditar que eles não são tão importantes para a empresa. Eles são essenciais, pois não se pode prever quando um equipamento do escritório pode parar de funcionar, ser invadido ou quando a energia vai acabar.

Caso isso aconteça e a empresa não tenha um backup, todos os dados da instituição podem ser perdidos. Sendo assim, os backups têm que ser realizados em empresas de todos os tamanhos para que elas não sejam prejudicadas caso aconteça um imprevisto.

A solução para esse erro é efetuar backups frequentemente para que os documentos mais recentes da empresa não sejam perdidos em um incidente. É indicado ainda que a empresa tenha backups tanto em um local online (nuvem) quanto offline.

3. Não treinar os colaboradores

Ter profissionais que não sabem exatamente como utilizar a rede da empresa de forma segura pode parecer algo inofensivo, mas na verdade isso pode trazer problemas sérios para a instituição.

Se você tem uma ótima rede de segurança em seus equipamentos, mas não ensina os seus colaboradores a reconhecer armadilhas, ela não será suficiente para proteger seu sistema. Isso porque os profissionais poderão cair facilmente nas ameaças ao clicar em um link não confiável, por exemplo, ou ao abrir anexos sem conferir o remetente do e-mail.

Por isso, é fundamental conscientizar os seus colaboradores e ensiná-los a navegar de maneira segura. Para fazer isso, você deve sempre se lembrar de treinar os profissionais assim que eles começarem a trabalhar na empresa. Caso haja colaboradores antigos que não tenham sido treinados, faça uma reunião e os ensine.

Além disso, se houver atualizações que alterem alguma regra que foi passada para os profissionais, é essencial informá-los sobre as mudanças. Assim, eles continuarão usando os equipamentos da forma correta.

4. Não realizar atualizações em sistemas

Atualizações são frequentes em navegadores, sistemas e programas, mas é muito comum que as pessoas adiem essas atualizações o máximo possível. Esse também é um erro, pois as modernizações oferecidas costumam ser bem melhores que as versões antigas.

Afinal de contas, o propósito da atualização é realmente trazer melhorias, em que falhas e problemas foram consertados. Ademais, as atualizações geralmente trazem novidades que auxiliam na segurança de dados e facilitam tarefas que antes eram mais complexas.

Para consertar esse erro é bem simples: basta não ignorar mais as atualizações de seus programas e sistemas e realizá-las assim que elas ficarem disponíveis. Ainda, não se esqueça de avisar os seus colaboradores para que eles façam o mesmo em seus computadores.

5. Não utilizar a nuvem

Pequenas empresas costumam utilizar ferramentas que estão instaladas nas máquinas do escritório em vez de usá-las pela nuvem. Porém isso pode atrasar o trabalho dos profissionais, já que os mesmos só podem acessar os dados e sistemas quando estiverem no escritório.

Sendo assim, essa situação precisa ser consertada. Para isso, você precisa dar uma chance para a nuvem e observar como utilizar serviços a partir dela pode ser positivo para a sua empresa.

Além de facilitar o acesso às ferramentas, o uso da nuvem também faz com que não seja preciso manter softwares pesados em suas máquinas. Ponto positivo, pois libera espaço nos computadores e eles podem funcionar menos carregados.

6. Não se proteger com um antivírus

Esse com certeza é o maior erro cometido pelas pequenas empresas. Como foi dito, escritórios de todos os portes estão sujeitos a terem seus sistemas invadidos por vírus e outros malwares. Então, todos precisam se proteger contra essas ameaças, porque elas podem causar sérios danos à instituição, como roubar dados da empresa ou danificar as máquinas.

A melhor solução para esse erro é adquirir um antivírus de qualidade, ou seja, que realmente proteja seus equipamentos. Sendo assim, pesquise bem, veja qual traz mais benefícios para a sua empresa e que caiba em seu orçamento.

Apesar de parecerem irrelevantes, os 6 erros mais comuns de pequenas empresas podem trazer grandes problemas para elas. Por isso, é tão importante consertá-los. E as soluções são simples, não é mesmo?

Sendo assim, não demore para colocá-las em prática em seu escritório.

Se você quiser se manter atualizado e saber mais sobre como proteger os dados de sua empresa não deixe de acessar o nosso blog!