senha forte

Aumentando a segurança na internet com senhas matadoras

Que a senha é importante todos sabem. Mas, parece que utilizar uma senha forte e segura não é de conhecimento geral, infelizmente. Segundo uma pesquisa, em 2020 a senha mais utilizada na internet foi “123456”. Alarmante. Em décimo lugar ficou “senha”, que acredito ser bem dedutível (ironia).

A esmagadora maioria das senhas podem ser quebradas em menos de um segundo em ataques simples por hackers. Isso prova que construir senhas seguras não faz parte da maior parte dos usuários de internet.

Pensando neste cenário, neste texto você verá algumas formas de tornar uma senha forte e segura, irá entender os perigos de senhas fracas e algumas formas de prevenir o vazamento de senhas.

Spoiler: Ao final do artigo disponibilizamos para download o Guia para criação e gerenciamento de contas e senhas seguras.

O que torna uma senha segura?

A força de uma senha depende da combinação e tipos de caracteres usados, do seu tamanho, da complexidade e da sua imprevisibilidade.

Portanto, uma boa senha deve ser longa, com no mínimo 8 caracteres, ter combinações de números, letras maiúsculas, minúsculas e símbolos.

Dessa forma, fica mais difícil conseguir descobrir a senha, ou então obter sucesso na tentativa de quebrar a senha usando um ataque de força bruta, por exemplo.

Nas próximas linhas você verá algumas dicas simples para criar senhas fortes e seguras.

Como criar senhas fortes e seguras

Como falamos anteriormente, algumas ações no momento da criação de senhas, tornam ela mais forte e segura. Para que fique mais claro, separamos 5 dicas bem importantes:

  1. Crie senhas longas, com 8 caracteres ou mais. Uma senha com 14 caracteres pode ser considerada muito segura.
  2. Utilize caracteres alfanuméricos, letras maiúsculas e minúsculas, números e símbolos. Quanto maior a variedade de caracteres em sua senha, melhor.
  3. Não use palavras reais de qualquer idioma, evite palavras escritas de trás para frente, com abreviações ou erros ortográficos comuns.
  4. Use caracteres de todo o teclado, não somente as letras e caracteres mais usados ou vistos. Evite também sequências de caracteres como “12345678” ou “qwertyu”.
  5. Não tenha senhas com seu nome ou de conhecidos, datas importantes, número de documentos e informações semelhantes.

Seguindo estas dicas, sua senha com certeza estará mais segura. Mas, de nada adianta uma senha forte se no momento de utilizar a senha, seu comportamento não for seguro.

Existem diversas formas e locais onde uma senha pode ser vazada. Portanto, listamos boas práticas na utilização de senhas, para que você consiga cuidar seus comportamentos. que você pode conferir abaixo:

  1. Evite reutilizar senhas em diferentes contas de usuário ou em sistemas diferentes. O ideal é criar grupos de senha, de acordo com o risco envolvido de cada conta.
  2. Evite usar a mesma senha para contas pessoais e profissionais e utilize sempre senhas únicas em contas mais sensíveis, como e-mail ou internet banking.
  3. Altere suas senhas com frequência, preferencialmente a cada 90 dias.
  4. Evite enviar senhas por e-mail, SMS, mensagens no WhatsApp ou de qualquer outra forma.
  5. Não armazene ou anote as senhas em locais desprotegidos ou de fácil acesso.
  6. Utilize técnicas de memorização ou algum método ou serviço de gerenciamento de senhas.
  7. Nunca informe uma senha para amigos, conhecidos e principalmente para desconhecidos.

Se você seguir estas dicas simples, terá mais segurança ao utilizar suas senhas no dia a dia. Além disso, como citado no item 5, você pode utilizar um serviço de armazenamento de senhas para auxiliar no gerenciamento, caso você possua muitas senhas. Nas próximas linhas, veremos 4 dos principais serviços deste tipo.

Armazenamento de senhas

É recomendado que as senhas sejam armazenadas em algum gerenciador de contas e senhas, que permitem armazenar uma grande quantidade de contas em um mesmo local. Para quem utiliza muitas senhas, ou é responsável pelo gerenciamento de senhas de uma equipe na empresa, por exemplo, ferramentas deste tipo são fundamentais.

Entre as mais comuns estão:

Escolha a solução que se adeque melhor às suas necessidades, para que você tenha mais controle sobre os usuários e senhas.

Quando alterar suas senhas?

Alterar suas senhas periodicamente é muito importante.

Porém, em algumas situações, as senhas devem ser alteradas imediatamente:

  • Se o computador ou equipamento com a senha armazenada foi perdido ou roubado.
  • Ao adquirir equipamentos que possuem alguma senha padrão de acesso e podem ser acessados por rede, como roteadores, câmeras, servidores, etc.
  • Se algum software, site ou sistema que você utiliza tiver problemas de segurança ou vazamento de dados.

Procure alterar suas senhas periodicamente, preferencialmente a cada 90 dias, assim as chances de um acesso vazar serão menores.

Os perigos na internet

Senhas são utilizadas na autenticação de contas de usuário com o propósito de assegurar que o usuário está acessando é realmente o dono ou responsável pela conta. É uma das principais formas de validação de usuários usados na internet, principalmente pela simplicidade nos procedimentos de acesso e controle de senhas.

Porém, uma senha forte não é o bastante para proteger os acessos aos seus dados pessoais. Existem algumas técnicas, que se não houver um cuidado atento do usuário, poderá perder os dados sigilosos para hackers na internet. Veja abaixo alguns dos mais comuns:

  • Keyloggers: softwares maliciosos que fazem o registro de todos os caracteres digitados no dispositivo
  • Phishing: tentativa de capturar seus dados usando sites falsos
  • Ataques de força bruta: múltiplas tentativas de descobrir a senha utilizando softwares específicos
  • Interceptação de dados em navegação sem criptografia
  • Golpes de engenharia social: métodos de persuasão para obter informações sigilosas

Para contextualizar, segundo uma pesquisa entre Mastercad e Instituto Datafolha, 57% das empresas brasileiras são alvos frequentes de ataques e fraudes digitais, que envolvem ataques como os listados acima. Além disso, o conhecimento público geral sobre ciberataques ainda é baixo, conforme dados de outra pesquisa.

Portanto, conhecer as estratégias e ações dos criminosos digitais é tão importante quanto criar senhas seguras e mantê-las atualizadas periodicamente.

Guia para criação e gerenciamento de contas e senhas seguras

Para ajudar nesse processo de conhecimento sobre os perigos da internet utilizando senhas, criamos o Guia para criação e gerenciamento de contas e senhas seguras. No eBook disponível para download gratuito, você vai encontrar:

  • Contas de usuário
  • Formas de autenticação
  • O que torna uma senha segura?
  • Criando senhas fortes e seguras!
  • Boas práticas na utilização de senhas
  • Ferramentas para armazenamento de senhas
  • Alteração de senhas
  • Como as senhas podem ser descobertas e o que fazer para evitar?
  • Casos de vazamento de senha
  • Como prevenir?
    • Keyloggers
    • Ataque de phishing
    • Ataques de força bruta
    • Interceptação de dados
    • Golpes de engenharia social
  • Materiais gratuitos sobre segurança na internet

O material contém um conteúdo mais aprofundado sobre o tema deste texto e traz também boas soluções para problemas de segurança das senhas.

Para finalizar, espero que o conteúdo deste artigo em conjunto com o material possa ajudar você a criar uma senha forte e manter seus dados e informações mais seguros.

Até mais!

Posts Relacionados