Pressione enter para ver os resultados ou esc para cancelar.

Como melhorar a velocidade da internet na minha empresa?

Ter uma internet com boa velocidade é essencial nos dias de hoje para que todos os colaboradores de uma empresa consigam realizar bem seu trabalho. Afinal de contas, com uma internet rápida os profissionais são capazes de fazer suas tarefas de forma ágil e em alguns casos, mais eficaz.

Já com uma internet lenta eles acabam perdendo tempo ao esperar pelo carregamento, download e envio de documentos, entre outros. Ou seja, a produtividade dos colaboradores é bastante afetada pela qualidade da conexão. Além disso, alguns profissionais que tem a necessidade ou o costume de trabalhar com bastante agilidade, podem ficar irritados e ansiosos com a lentidão do processo.  Por isso, escritórios precisam ter uma internet rápida.

Muitos acreditam que contratar um bom plano é suficiente e ele realmente é fundamental para que a internet funcione bem no escritório. Entretanto, essa não é a única forma de garantir que a empresa tenha uma internet ágil.

Existem outras ações que podem melhorar a velocidade da internet de sua empresa. Pensando nisso, separamos 6 atividades que você pode realizar para agilizar a internet de seu escritório e manter a produtividade de seus colaboradores. Confira!

O que fazer para melhorar a velocidade da internet

1. Teste a velocidade da internet

A primeira ação que você deve realizar é verificar se a velocidade contratada está sendo entregue pela operadora. Essa atitude é necessária, porque infelizmente, nem sempre a operadora fornece toda a velocidade de internet que foi adquirida por uma empresa.

Para testar a velocidade em sua organização você pode utilizar algumas ferramentas, como a FastSpeedtest e Simet. Ao acessar a primeira, ela já mostra a velocidade de sua internet. Já a segunda dá mais detalhes, como o ping, a velocidade de download e de upload da banda larga.

O Sistema de Medição de Tráfego Internet (Simet) também lhe informa a velocidade de download, upload e o ping, além de mostrar o jitter e a sua perda de pacotes. Se quiser uma medição mais completa você deve instalar o aplicativo do Simet, que está disponível para Android e iOS.

2. Confira a qualidade dos equipamento usados

Se a operadora estiver fornecendo corretamente a sua internet, você deve conferir a capacidade dos equipamentos usados na empresa. Isto é, conferir se os computadores e roteadores utilizados suportam a velocidade do plano contratado.

Caso eles não suportem, a internet não funcionará em seu potencial máximo e vai ser mais lenta do que deveria. Para consertar essa situação no computador, uma opção é limpar softwares que estão no PC e não são usados. Ao retirá-los do computador, a capacidade desse pode aumentar e a internet funcionará normalmente.

Se após essa ação a internet continuar lenta, pode ser que você precise comprar novos computadores ou roteadores com capacidade mais alta. Verifique onde está o problema para depois adquirir o produto necessário.

Além disso, antes de comprar um computador ou roteador, lembre-se de que ambos precisam suportar o mesmo tipo de conexão. Se não, a aquisição não fará diferença. Então, verifique se eles são compatíveis com antecedência.

3. Limpe os navegadores frequentemente

Caso os computadores e roteadores suportem a banda larga contratada, outra maneira de garantir que a internet ficará mais rápida é limpando os navegadores frequentemente.

Ou seja, você e os demais colaboradores da empresa devem excluir regularmente os cookies e cache dos navegadores utilizados, como Google Chrome ou Mozilla Firefox. Assim, os dados serão apagados e sobrará mais espaço no equipamento.

Mesmo que alguns dados sejam importantes para os profissionais navegarem, é importante apagá-los para ter mais espaço livre no computador. Essa limpeza pode ser feita de forma individual e manual por cada colaborador ou por softwares especializados.

Ademais de limpar os navegadores, também é essencial mantê-los sempre atualizados. Sendo assim, quando forem liberadas novas versões não demore para fazer a troca em sua empresa. É importante realizar essa ação, porque as versões atualizadas costumam ser melhores que as anteriores, já que possuem reparações e mais funcionalidades.

4. Tenha pontos de acesso

Em um escritório, diversas pessoas compartilham a internet, então ela fica conectada em vários computadores. Isso prejudica a velocidade da internet, porque quanto mais pessoas utilizam a mesma rede, mais lenta ela fica.

O recomendado é que a mesma internet seja usada por 20 pessoas ou, no máximo, 30 indivíduos concomitantemente. Se a sua empresa tiver um número maior de colaboradores, você pode instalar pontos de acesso no escritório para melhorar a velocidade da internet.

Pontos de acesso são dispositivos usados para distribuir a rede de internet em um ambiente e, por isso, eles são utilizados majoritariamente em escritórios. Diferentemente de repetidores Wi-Fi, os pontos de acesso se conectam ao roteador por cabos.

Assim, eles conseguem distribuir a internet pelo escritório, melhorar a velocidade dela para os usuários e até auxiliar no gerenciamento da rede. Os pontos de acesso ainda são muito seguros, então a empresa não precisa se preocupar com isso.

5. Bloqueie sites que precisam de muita internet

Determinados sites, como os que reproduzem vídeos ou muitas fotos, precisam de bastante banda larga para carregar todos esses arquivos. Então, se seus colaboradores não precisarem acessá-los, uma boa ideia é bloqueá-los para que eles não gastem toda a internet e deixem os demais profissionais com uma conexão lenta.

Ao bloquear esse tipo de site, você também diminui a procrastinação dos colaboradores e aumenta a produtividade deles, já que há menos distrações no dia a dia.

É importante ainda ter o controle da internet para saber quais departamentos gastam mais a banda larga e se existe um motivo para isso, onde a conexão está fraca e o trabalho está sendo prejudicado, entre outros dados. Com esse conhecimento, é possível corrigir a situação, seja bloqueando sites ou colocando pontos de acesso.

Dica de ferramenta: O Lumiun é uma ótima solução de controle de acesso à internet para sua empresa. Com ele você consegue bloquear os sites e categorias de sites que estão fora do escopo de trabalho, liberar o acesso por horários e acompanhar em tempo real o que cada funcionário está acessando.

6. Proteja-se contra vírus

Outro fator que pode influenciar na velocidade de sua internet é o aparecimento de vírus e malwares. Como alguns deles conseguem “roubar” um pouco da sua internet, eles podem interferir na qualidade de sua banda larga.

Vírus e malwares ainda são preocupantes, porque eles podem roubar dados das máquinas e causar estragos no próprio equipamento da empresa. Sendo assim, é imprescindível proteger suas máquinas contra eles.

Para fazer isso você pode bloquear pop-ups e não realizar downloads de extensões para o seu navegador e instalação de um bom antivírus. Assim, evita-se a entrada de vírus nas máquinas. Falamos mais sobre proteção da sua rede em um artigo em nosso blog.

Dessa forma, a proteção é muito maior e os colaboradores podem usar as máquinas tranquilamente. Há antivírus gratuitos, porém o mais indicado é adquirir um de alta qualidade, que tenha mais funcionalidades e ofereça uma segurança maior às máquinas da empresa.

Ao realizar essas 6 ações você será capaz de melhorar a velocidade da internet de sua empresa e ainda aumentar a produtividade de seus colaboradores. Então, não perca tempo e comece a colocá-las em prática!

Se você quiser saber mais sobre como ter segurança e produtividade na internet de sua empresa é só continuar acompanhando o nosso blog!

Powered by Rock Convert