segurança dos dados

4 recursos para aumentar a segurança dos dados da sua empresa

Não é nenhuma novidade que estamos conectados praticamente o tempo todo, seja em celulares ou computadores. As empresas estão trabalhando cada vez mais com recursos de computação em nuvem, ganhando eficiência e produtividade através de benefícios como o acesso aos dados sem limites geográficos, maior agilidade em processos e na troca de informações entre colaboradores, menor investimento em equipamentos e manutenção, redução de custos de depreciação de máquinas. Sendo estes, apenas apenas alguns dos benefícios que Cloud Computing oferece às empresas.

Ao mesmo tempo, com o aumento da conectividade das empresas, pessoas e dispositivos, também aumenta a vulnerabilidade dos sistemas e usuários a hackers, vírus e tantas outras ameaças. Para diminuir os riscos de ataques virtuais, conheça 4 recursos para aumentar a segurança dos dados que trafegam na rede e nos computadores da sua empresa, ampliando a proteção e a produtividade na utilização da Internet.

1. Antivírus é primordial para segurança dos dados

É muito importante utilizar um bom software antivírus, atualizado. Outros mecanismos de proteção da rede são complementares e atualmente não substituem o antivírus, que continua sendo fundamental. Os pacotes gratuitos oferecem um nível básico de proteção, porém normalmente sua licença não permite uso comercial.

Para uma proteção mais efetiva, legalizada, e com melhor cobertura de suporte técnico, é recomendado que as empresas invistam na aquisição de licenças de antivírus. O valor não é tão alto e traz uma segurança que vale a pena. Lembre-se que nenhum antivírus oferece 100% de proteção, e continua sendo importante a orientação dos usuários, por exemplo, para que não cliquem em links suspeitos recebidos que chegam por e-mail.

2. Atualizações de software

Desenvolvedores, hackers e pesquisadores descobrem falhas em software diariamente. Várias dessas falhas geram vulnerabilidades, afetando a segurança de programas que muitas vezes são largamente utilizados a nível mundial, inclusive na sua empresa. Essas vulnerabilidades podem expor as informações do seu negócio a situações inseguras, incorrendo em vazamento de informações, perda de dados e problemas de integridade de arquivos.

Quer um exemplo? O software Adobe Flash Player, que possivelmente está instalado no seu computador, tem um grande número de atualizações anuais e a maioria delas corrige vulnerabilidades que potencialmente podem permitir a um invasor tomar o controle do sistema. Você têm atualizado seu Flash Player?

O Microsoft Windows também disponibiliza muitas atualizações anuais, e caso essas atualizações não sejam realizadas as empresas correm um risco muito grande de invasões.

Por isso, é recomendado que se mantenha ativada a configuração que permite a instalação automática de atualizações de segurança.

3. Backup de dados

Para entender a importância de fazer cópia de segurança dos dados e documentos da sua empresa, imagine, de repente, a sua empresa perder todas suas planilhas financeiras, controles gerenciais, dados comerciais, informações de clientes, dos produtos e serviços oferecidos e históricos dos seus colaboradores. É muito difícil imaginar a profundidade do impacto de uma situação dessas em uma empresa. O prejuízo será enorme, e haverá comprometimento de todas atividades administrativas e comerciais da empresa.

Para evitar essa situação, é essencial manter uma estratégia de backup bem estruturada. Quanto mais automatizada for a tarefa de realizar o backup, maior a chance de tê-lo em dia quando houver a necessidade de uma restauração de dados. Não custa lembrar que deverá haver cópias armazenadas em local diferente do local original dos dados. De modo geral, deve-se analisar:

  • a periodicidade: mensal, semanal, diário, a cada hora?
  • o tempo de retenção: guardar cópias semanais por 10 semanas, cópias diárias por 30 dias?
  • o nível de cada backup: integral, diferencial, incremental?
  • a mídia: fitas LTO, HD USB externo, armazenamento em nuvem?
  • a origem dos dados: arquivos, bancos de dados, e-mails?

Além de tudo isso, deve-se documentar e testar periodicamente o processo de restauração: a real utilidade de um backup não é o backup em si, mas sim a restauração bem sucedida.

4. Gerenciamento de acesso à Internet

Ter uma boa cultura na empresa para o uso dos recursos de tecnologia pode reduzir riscos, pois motiva os colaboradores a se comportarem de forma adequada, evitando, por exemplo, a instalação de programas desnecessários e o acesso a sites suspeitos. No entanto, na maioria das vezes, apenas essa medida não é suficiente.

Um sistema de gerenciamento do acesso à Internet é um excelente recurso para garantir o bom uso dos computadores e da Internet, aumentando a segurança durante a navegação, assegurando a produtividade dos colaboradores e a integridade das informações da empresa.

Esse tipo de serviço, além oferecer uma camada adicional de proteção contra vírus e sites maliciosos, ajuda o gestor da empresa a controlar e bloquear o acesso a sites de risco. Sites que podem vir a conter arquivos infectados ou mecanismos nocivos, e também a sites considerados fora do escopo do trabalho da empresa, como jogos, apostas, redes sociais, vídeos, download de arquivos e pornografia, que pode até mesmo acarretar demissão por justa causa. Esse controle pode ser aplicado a todos os dispositivos conectados à rede da empresa, inclusive tablets e smartphones.

Uma opção para o gerenciamento de acesso à Internet na empresa é o Lumiun. O serviço adiciona uma camada de segurança à sua rede, protegendo os usuários do acesso a sites perigosos, e além disso permite controlar e obter relatórios sobre o acesso à Internet realizado pelos colaboradores.

Você curtiu essas dicas de 4 recursos para aumentar a segurança de dados da sua empresa? Então continue com a visita em nosso blog, leia agora mesmo o texto “5 passos simples para proteger o seu e-mail de ameaças virtuais” e saiba como manter o seu e-mail saudável!

Posts Relacionados