Como vejo se meu computador usa IP automático (DHCP)?

O que é IP automático (DHCP)? Passo a passo para verificar se o seu computador está usando IP automático, no sistema operacional Windows Pressione a tecla Windows (localizada ao lado da tecla Alt) e simultaneamente pressione a tecla R. Isso fará abrir uma caixa denominada Executar. Na caixa Executar, digite “cmd” e clique em OK. Na…

Continuar lendo

O que é IP automático (DHCP)?

Em uma rede que oferece IP automático (DHCP), parâmetros como endereço IP, máscara, gateway e servidores DNS são fornecidos automaticamente para cada dispositivo conectado à rede. Dessa forma não é necessário configurar manualmente esses parâmetros nos computadores e demais equipamentos. Na maioria das redes a situação ideal é que ela forneça IP automático, como forma de…

Continuar lendo

Como elaborar senhas seguras?

Algumas dicas sobre senhas. Suas senhas são de sua responsabilidade, em hipótese alguma as forneça para outra pessoa. Altere suas senhas periodicamente e sempre que julgar necessário. Não use a mesma senha para acesso a vários sistemas ou sites diferentes. Ao terminar o uso de um sistema ou site, feche sua sessão através da opção…

Continuar lendo

O que são os Registros DNS Locais?

No Lumiun, o recurso de Registros DNS Locais permite que sejam configurados registros DNS que serão “visíveis” somente a partir da rede local da empresa. Esses registros irão prevalecer sobre outros possíveis registros de mesmo nome existentes na internet. Esse recurso está acessível no painel de controle do Lumiun, no menu Administrar > Registros DNS…

Continuar lendo

Guia de Instalação do Lumiun Box

Esse tutorial explica como realizar a instalação básica do Lumiun Box, o equipamento utilizado pelo Lumiun nos planos Profissional, Corporativo e Enterprise. 1. Cadastre seu Lumiun Box Entre no painel de controle do Lumiun, em http://painel.lumiun.com. Será solicitado um número de série. Obtenha esse código na etiqueta localizada na parte de baixo do seu Lumiun Box. 2….

Continuar lendo

Como identificar o endereço IP do computador

Como vejo o endereço IP do meu computador? Passo a passo para consultar o endereço IP versão 4 (IPv4) em uso no seu computador, usando sistema operacional Windows. Pressione a tecla Windows (localizada ao lado da tecla Alt) e simultaneamente pressione R. Isso fará abrir uma caixa denominada Executar. Na caixa Executar, digite “cmd” e…

Continuar lendo

A Lumiun é uma das 117 startups que estão mudando a TI no Brasil

O estudo Liga Insights IT Startups, realizado pela Liga Ventures com apoio do Ibmec e Astella Investimentos, posicionou a Lumiun como uma das 117 startups que estão mudando a TI no Brasil. O relatório mostra um panorama das startups brasileiras que estão desenvolvendo soluções inovadoras para a área de TI. Foram analisadas 10.085 startups e a Lumiun ficou entre as 14 selecionadas na categoria Segurança, Fraude e Validações.

A Lumiun protege seus clientes das ameaças da internet e permite que aumentem a produtividade, com menos desperdício e reduzindo riscos. Através de uma solução baseada em nuvem para gestão do acesso à internet nas empresas, possibilita a implementação eficiente de políticas que visam ampliar a segurança da informação e a produtividade da equipe.

As novas tecnologias estão transformando cada vez mais indústrias e setores, em meio a uma revolução digital. O desenvolvimento acelerado das corporações norteia a maneira como a sociedade e as organizações irão acompanhá-las. Por isso é importante entender como serão os desdobramentos das inovações tecnológicas no futuro das corporações. Consequentemente, também é importante compreender de que forma está ocorrendo a inovação na área de Tecnologia da Informação (TI), tendo em vista a relevância dessa área na estruturação de inovações em conjunto com outras áreas e departamentos das organizações.

Conforme levantamento da Brasscom, a previsão é de que os investimentos na área de Segurança da Informação, para o período de 2018 a 2021, tenham crescimento de 12% ao ano, chegando a R$ 22,8 bilhões. O setor de Tecnologia da Informação e Comunicações (TIC) respondeu por 7,1% do PIB em 2017.

O estudo publicado pela Liga Ventures também menciona dados de outros importantes relatórios da área de TIC:

  • No levantamento das previsões da IDC Brasil para 2018, 63% das empresas entrevistadas afirmaram que ampliaram o orçamento destinado a segurança. Pela previsão, os investimentos em segurança devem crescer no Brasil cerca de 9% em 2018.
  • Análise da consultoria Gartner estima que investimentos em cybersecurity, em âmbito global, possam chegar a US$ 96 bilhões em 2018, 8% a mais que o ano anterior. Desse valor, US$ 17 bilhões destinados a proteção de infraestrutura e US$ 57 bilhões destinados a serviços de segurança.
  • Estudo mundial da Cisco (Cisco 2018 Annual Cybersecurity Report) apontou que 53% dos ataques resultaram em perdas financeiras com valores superiores a US$ 500 mil, referentes à perda de clientes, de receita e oportunidades.

Além de Segurança, Fraude e Validações, o estudo Liga Insights IT Startups incluiu também startups que apresentam algum tipo de atividade, serviço e/ou produto relacionados às seguintes categorias: Blockchain e APIs; Busca e Seleção de Profissionais; Cloud Manager e Otimização; Colaboração e Produtividade; Data Science e Enriquecimento de Dados; Formação; Gestão de Projetos, Tarefas e Tempo; RPA e Workflow; Service-Desk e Help-Desk; Soluções de Bots; Soluções para Desenvolvimento; e Soluções para UX e UI.

O relatório pode ser acessado em https://insights.liga.ventures/itstartups

 

Liga Insights IT Startups - Landscape 117 Startups
117 startups que estão mudando a TI no Brasil

 

A Lumiun Tecnologia é uma solução de segurança e gestão do uso da internet focada em empresas de pequeno e médio porte, tendo como grande diferencial a facilidade na implementação e gerenciamento, sem necessidade de profissionais especializados para manutenção e operação do sistema.

Para saber como tornar o uso da internet mais seguro e produtivo na sua empresa, acesse www.lumiun.com.

 

Você sabe o que é Phishing? Entenda agora mesmo

Phishing é um tipo de fraude realizada de forma eletrônica. Essa fraude tem como objetivo adquirir dados pessoais do usuário, como CPF, números de contas bancárias, senhas, RG, dentro outros dados sigilosos.

Antes o phishing tinha também como foco roubar arquivos como músicas, documentos e imagens pessoais, porém foi se modernizando e aumentando a sua forma de atuação, sendo ataques cada vez mais perigosos e podendo causar muitos problemas para as empresas.

Se você tiver uma conta de e-mail ou perfil de mídia social, é provável que você tenha encontrado um phishing de algum tipo antes. Em uma frase, o phishing é a tentativa fraudulenta de roubar informações pessoais pela engenharia social: o ato de decepção criminal.

Os primeiros casos de phishing

Esses casos ocorreram há mais de vinte anos. No início dos anos 90, os atacantes visavam a plataforma America Online (AOL), uma vez popular, usando mensagens instantâneas para enganar os usuários para divulgar suas senhas.

Não demorou muito para que esses atores de ameaça identifiquem metas de maior valor, pressionando vítimas inocentes para “verificar suas informações de cobrança” contra a ameaça de exclusão de contas urgente. Por meio desta evolução, não só os grupos criminais podem obter as credenciais AOL das vítimas, como também a conta bancária e os detalhes do cartão de pagamento.

AOL intensificou suas operações antifraude, implementando novas medidas para expulsar proativamente as contas envolvidas no phishing. Este foi um movimento decisivo que levou os atacantes a pular navios em busca de novas oportunidades.

Mais de 400 mil sites de phishing detectados por mês em 2016

De acordo com o relatório Webroot Phishing Threat Trends, de dezembro de 2016, mais de 400 mil sites de phishing foram detectados por mês no último ano.

Os ataques de phishing usam técnicas de engenharia social para convencer as vítimas de que podem confiar no que estão vendo e podem fornecer dados importantes. Por exemplo, um e-mail falso solicitando informações pessoais para um processo judicial, ou uma página falsa imitando perfeitamente o site de um banco e solicitando senhas.

Os ataques de phishing têm se tornado cada vez mais sofisticados e desenvolvidos para obter informações sensíveis. A maior parte dos ataques atualmente usa ferramentas que automatizam a criação dos sites de phishing, fazendo com que existam por menos de 24 horas – o tempo médio de vida é de 15 horas. Isso torna mais difícil que as ferramentas de segurança tradicionais possam bloquear este tipo de ameaça hoje em dia.

Hal Lonas, CTO da Webroot, afirmou que “anos atrás, esses sites poderiam durar semanas ou meses, dando às organizações tempo suficiente para bloquear o método de ataque e prevenir que mais vítimas caíssem no golpe. Agora, os sites de phishing aparecem e desaparecem no tempo de uma pausa para café, deixando todas as organizações, não importa o tamanho, em um risco sério e imediato de ataques de phishing”.

Fonte: Webroot Quarterly Threat Update

 

Exemplo de site de phishing com endereço incorreto
Site de phishing com endereço incorreto

 

Exemplo de email falso, no qual o destino do link não é o banco
Email falso, no qual o destino do link não é o banco

Como remover e prevenir o phishing?

Não existe uma forma de remover ameaças de phishing, elas podem definitivamente ser detectadas. Ter uma forma de monitorar do seu site e manter a cautela com relação ao que deveria e não deveria estar presente lá. Se possível, mude os arquivos principais do seu site de forma regular.

Para se prevenir contra o phishing são necessários alguns cuidados especiais, como por exemplo:

  • Não abra anexos contidos em e-mail que não foram solicitados anteriormente.
  • Tenha bons hábitos e não responda links adicionados a e-mails não solicitados.
  • Proteja suas senhas e sempre utilize senhas seguras.
  • Verifique a URL do site. Em muitos casos de phishing, o endereço de e-mail pode parecer legítimo, mas a URL pode estar com erro de grafia ou o domínio pode ser diferente (.com quando deveria ser .gov). Isso geralmente denuncia na hora a utilização de phishing.
  • Mantenha seu navegador atualizado e utilize atualizações de segurança do seu computador e sistema.

 

4 recursos para aumentar a segurança dos dados da sua empresa

O mundo do trabalho mudou bastante, atualmente é normal que os computadores estejam sempre conectados à Internet, e que o acesso a ela seja feito também por outros dispositivos, como celulares e tablets. As empresas atuais estão trabalhando cada vez mais com recursos de computação em nuvem, ganhando eficiência e produtividade através de benefícios como acesso aos dados sem limites geográficos, maior agilidade em processos e na troca de informações entre colaboradores, menor investimento em equipamentos e manutenção, redução de custos de depreciação de máquinas. Estes são apenas alguns dos benefícios que Cloud Computing oferece às empresas.

Ao mesmo tempo, com o aumento da conectividade das empresas, pessoas e dispositivos, também aumenta a vulnerabilidade dos sistemas e usuários a hackers, vírus e tantas outras ameaças. Para diminuir os riscos, conheça 4 recursos para aumentar a segurança dos dados que trafegam na rede e nos computadores da sua empresa, ampliando a proteção e a produtividade na utilização da Internet.

Antivírus é primordial para segurança dos dados

É muito importante utilizar um bom software antivírus, atualizado. Outros mecanismos de proteção da rede são complementares e atualmente não substituem o antivírus, que continua sendo fundamental. Os pacotes gratuitos oferecem um nível básico de proteção, porém normalmente sua licença não permite uso comercial.

Para uma proteção mais efetiva, legalizada, e com melhor cobertura de suporte técnico, é recomendado que as empresas invistam na aquisição de licenças de antivírus. O valor não é tão alto e traz uma segurança que vale a pena. Lembre-se que nenhum antivírus oferece 100% de proteção, e continua sendo importante a orientação dos usuários, por exemplo, para que não cliquem em links suspeitos recebidos que chegam por e-mail.

Atualizações de software

Desenvolvedores, hackers e pesquisadores descobrem falhas em software diariamente. Várias dessas falhas geram vulnerabilidades, afetando a segurança de programas que muitas vezes são largamente utilizados a nível mundial, inclusive na sua empresa. Essas vulnerabilidades podem expor as informações do seu negócio a situações inseguras, incorrendo em vazamento de informações, perda de dados e problemas de integridade de arquivos.

Quer um exemplo? O software Adobe Flash Player, que possivelmente está instalado no seu computador, tem um grande número de atualizações anuais e a maioria delas corrige vulnerabilidades que potencialmente podem permitir a um invasor tomar o controle do sistema. Você têm atualizado seu Flash Player?

O Microsoft Windows também disponibiliza muitas atualizações anuais, e caso essas atualizações não sejam realizadas as empresas correm um risco muito grande de invasões, como aconteceu no dia 12 de maio com um dos maiores ataques de Ransomware da história, o WannaCrypt.

Por isso, é recomendado que se mantenha ativada a configuração que permite a instalação automática de atualizações de segurança.

Backup de dados

Para entender a importância de fazer cópia de segurança dos dados e documentos da sua empresa, imagine, de repente, a sua empresa perder todas suas planilhas financeiras, controles gerenciais, dados comerciais, informações de clientes, dos produtos e serviços oferecidos e históricos dos seus colaboradores. É muito difícil imaginar a profundidade do impacto de uma situação dessas em uma empresa. O prejuízo será enorme, e haverá comprometimento de todas atividades administrativas e comerciais da empresa.

Para evitar essa situação, é essencial manter uma estratégia de backup bem estruturada. Quanto mais automatizada for a tarefa de realizar o backup, maior a chance de tê-lo em dia quando houver a necessidade de uma restauração de dados. Não custa lembrar que deverá haver cópias armazenadas em local diferente do local original dos dados. De modo geral, deve-se analisar:

  • a periodicidade: mensal, semanal, diário, a cada hora?
  • o tempo de retenção: guardar cópias semanais por 10 semanas, cópias diárias por 30 dias?
  • o nível de cada backup: integral, diferencial, incremental?
  • a mídia: fitas LTO, HD USB externo, armazenamento em nuvem?
  • a origem dos dados: arquivos, bancos de dados, e-mails?

Além de tudo isso, deve-se documentar e testar periodicamente o processo de restauração: a real utilidade de um backup não é o backup em si, mas sim a restauração bem sucedida.

Gerenciamento de acesso à Internet

Ter uma boa cultura na empresa para o uso dos recursos de tecnologia pode reduzir riscos, pois motiva os colaboradores a se comportarem de forma adequada, evitando, por exemplo, a instalação de programas desnecessários e o acesso a sites suspeitos. No entanto, na maioria das vezes, apenas essa medida não é suficiente.

Um sistema de gerenciamento do acesso à Internet é um excelente recurso para garantir o bom uso dos computadores e da Internet, aumentando a segurança durante a navegação, assegurando a produtividade dos colaboradores e a integridade das informações da empresa.

Esse tipo de serviço, além oferecer uma camada adicional de proteção contra vírus e sites maliciosos, ajuda o gestor da empresa a controlar e bloquear o acesso a sites de risco. Sites que podem vir a conter arquivos infectados ou mecanismos nocivos, e também a sites considerados fora do escopo do trabalho da empresa, como jogos, apostas, redes sociais, vídeos, download de arquivos e pornografia, que pode até mesmo acarretar demissão por justa causa. Esse controle pode ser aplicado a todos os dispositivos conectados à rede da empresa, inclusive tablets e smartphones.

Uma opção para o gerenciamento de acesso à Internet na empresa é o Lumiun. O serviço adiciona uma camada de segurança à sua rede, protegendo os usuários do acesso a sites perigosos, e além disso permite controlar e obter relatórios sobre o acesso à Internet realizado pelos colaboradores.

Você curtiu essas dicas de 4 recursos para aumentar a segurança de dados da sua empresa? Então continue com a visita em nosso blog, leia agora mesmo o texto “5 passos simples para proteger o seu e-mail de ameaças virtuais” e saiba como manter o seu e-mail saudável!