Pressione enter para ver os resultados ou esc para cancelar.

3 testes para identificar vulnerabilidades na sua rede

Segundo uma pesquisa da Cybercrime Magazine, a previsão de gastos globais pelas empresas, vindos de crimes cibernéticos, continuará aumentando e deve ultrapassar os US$ 6 trilhões anualmente até 2021 (quase R$ 33 trilhões na cotação atual do dólar).

Se você não quiser que sua empresa faça parte dessa estatística, é essencial investir em segurança cibernética.

Os cibercriminosos estão sempre buscando novas maneiras de superar ou desviar de softwares de segurança e obter acesso as redes e dispositivos com dados pessoais e empresariais, com novos ataques e também, mudanças nos ataques “habituais”.

Para que você tenha uma ideia da dimensão do problema, a Mundo Mais Tech divulgou as 10 ameaças cibernéticas em alta no primeiro semestre de 2020, identificando que os ataques somente usando acesso remoto no Brasil, cresceram 330%.

Testar sua rede pode destacar de onde podem vir ameaças e mostrar quais as ações necessárias para aumentar sua proteção. Agrupando esses dados, você pode criar um panorama de quais pontos fracos são pequenos e quais são grandes problemas que precisam de investigação de alta prioridade.

Mas, existem testes confiáveis de vulnerabilidade da internet? Sim!

Veremos mais sobre isso nas próximas linhas.

Testes de Vulnerabilidade

Como o nome já diz, os testes de segurança da internet, avaliam quais os possíveis pontos de vulnerabilidade relacionados ao bloqueio ou liberação de sites considerados nocivos, ou de conteúdo impróprio, perigoso e fora do escopo de trabalho por exemplo.

Existem algumas formas distintas de testes de segurança da internet. O teste de portas, por exemplo, verifica se existe alguma brecha de segurança nas portas do servidor ou do roteador. Já o baseado em consulta DNS, verifica se é possível acessar sites enquadrados nas categorias nocivas e de conteúdo inadequado e então mostra quais as categorias estão liberadas e quais estão bloqueadas por algum software ou sistema de bloqueio.

Ao combinar as informações, você pode ter uma boa ideia do estado da sua configuração de segurança cibernética e se proteger melhor.

Para auxiliar as empresas, listamos 3 testes de segurança da internet e suas características, que você pode ver a seguir.

Shield Test

testes de vulnerabilidade

O Shield Teste mede a suscetibilidade da sua rede à infecção e avalia os níveis de defesa existentes contra ataques potenciais.

O teste envia amostras de malware transmitidos pelo servidor da ferramenta e realiza uma autoavaliação. Mas fique tranquilo! Assim que finalizar o teste os dados são removidos. Portanto, embora este teste use amostras reais de malware para garantir que é legítimo, não há risco de infectar seu sistema.

O teste de vulnerabilidade analisa os seguintes itens:

– Teste de portas abertas

– Teste de Defesa DDOS

– Teste de malware / vírus

– Teste de roubo de dados

Teste Portas

testes de vulnerabilidade

Quando se fala em portas de um servidor ou roteador, normalmente está se referindo às portas TCP e UDP, que são protocolos utilizados por softwares e serviços do sistema operacional para a comunicação em rede e, consequentemente, na internet.

Os sistemas se conectam nestas portas e iniciam a comunicação com o servidor. Mas para isso a porta desejada precisa estar aberta, caso contrário, o sistema não conseguirá se conectar, resultando em erro.

Por outro lado, manter abertas portas que você não utiliza pode significar uma exposição desnecessária, aumentando o risco de que estas portas sejam exploradas por hackers em busca de vulnerabilidades no sistema, permitindo a invasão de serviços.

Neste sentido, testar o roteador também é algo importante, pois se seu roteador estiver com alguma porta aberta, também poderá ser utilizada para ataques. Verifique se a interface de gerenciamento do seu roteador, que normalmente usa as portas 80 (HTTP), 443 (HTTPS) ou 22 (SSH), está protegida e não está exposta na internet.

O Teste Portas faz o teste das portas que estão possivelmente propensas a ataques e identifica como inacessível ou acessível.

Não esqueça de testar se a sua rede possui exposto algum servidor de área de trabalho remota, ou Remote Desktop, que trabalha na porta TCP 3389. Atualmente é recomendável não manter exposto o serviço de Remote Desktop para a internet, pelo alto risco de ataque Ransomware. Até mesmo o FBI já emitiu alerta sobre os riscos da exposição da área de trabalho remota do Windows na internet. Para proteger a área de trabalho remota, o recomendável é utilizar um serviço de VPN Empresarial.

Teste de Segurança do Lumiun

testes de vulnerabilidade

Você sabe se seus funcionários, alunos ou família estão protegidos contra sites de phishing, malware, pornografia, conteúdo de racismo ou terrorista? O teste de segurança da internet do Lumiun mostra pra você.

Diferente dos citados acima, o teste do Lumiun se baseia em requisições na camada DNS, ou seja, identifica quais as categorias de sites que estão liberadas ou não para acesso a partir da sua rede.

Para ser mais preciso, serão feitas requisições de acessos a vários sites que estão dentro das categorias consideradas inseguras, a partir da sua conexão de internet.

Veja algumas das categorias:

– Phishing e fraudes online

– Malware e spyware

– Anonimizadores de acesso

– Drogas e bebidas alcoólicas

– Jogos e apostas

– Pornografia e nudez

– Violência, terrorismo e racismo

Resultados

testes de vulnerabilidade

Bom, vistos alguns testes de vulnerabilidade e seus resultados, chegou a hora de traçar um plano de segurança cibernética. Caso você possua um profissional de TI na sua empresa, é interessante em conjunto com ele, identificar a melhor forma, ou ferramenta, para melhorar a segurança de dados na companhia.

Testes de segurança para empresas, são essenciais para ajudar a proteger os dados e informações importantes contra ataques cibernéticos.

Veja alguns casos de grandes falhas de segurança no artigo 10 maiores falhas de segurança de dados em 2020 em nosso blog.

Esperamos que, findando este artigo, a leitura ajude você e sua empresa a se manterem mais seguros na internet.

Até a próxima!

Powered by Rock Convert