firewall de DNS

Firewall de DNS reduz o risco de ataque ransomware?

Afinal, um firewall de DNS reduz o risco de ataque ransomware? Essa é uma das perguntas frequentes quando o assunto é gestão de segurança na internet. Uma vez que os ataques ransomware se tornaram cada vez mais frequentes.

O número de incidentes só faz crescer e passa a preocupar não só grandes empresas e governos. De fato, médias e pequenas empresas, especialmente as que tratam e armazenam dados sensíveis, têm se empenhado em mitigar riscos e estabelecer níveis de controle e de segurança de dados e redes.

Firewall de DNS para todos

firewall de DNS

Tamanho não é documento… Esse é um ditado popular que, infelizmente, bem exemplifica a situação e os riscos de ataques ransomware atualmente.

Você saberia dizer como os hackers escolhem empresas para atacar com ransomware?

Em primeiro lugar, eles escolhem as frágeis e despreparadas, sem nenhuma política ou processo de segurança da informação na internet. Simples, assim.

Em segundo lugar, as menos seguras com abundância de dados sensíveis, o que facilita na hora de exigir pagamento.

Entretanto, todo computador é alvo primário e porta de entrada para ataques ransomware ou outras formas de códigos maliciosos. Afinal, assim como o DNS é a porta de entrada de todo o tráfego de dados e fluxo de acessos, também o é para todo e qualquer tipo de ataque.

Por isso é que uma boa solução de segurança na internet começa pelo controle e monitoria DNS (Domain Name System – Sistema de Nomes de Domínios).

Então, de pronto, podemos responder à pergunta título deste artigo: Firewall de DNS reduz o risco de ataque ransomware?

A resposta é um grande e sonoro SIM!!!

Com toda a certeza, corretamente configurado, um bom firewall de DNS pode, sim, reduzir o risco de ataque ransomware.

Quando se trata de segurança na internet, menosprezar ou deixar de lado a necessidade de estabelecer e gerenciar regras de acesso baseadas em consultas de DNS, definitivamente, não é uma boa ideia.

Voltando à expressão popular, independentemente do tamanho da empresa, todas devem dedicar atenção adequada e profissional à segurança de seus dados e informações.

Como funciona um firewall de DNS?

como funciona?

Só para ilustrar, antes de prosseguirmos, assista a esse vídeo curto (é um minutinho) que, de forma didática e bem simples, explica como funciona um firewall de DNS e a sua importância para reduzir o risco de ataque ransomware.

Um firewall de DNS funciona por meio de processos que garantem a segurança, o controle e o monitoramento dos fluxos de acesso a dados e à internet em rede.

Diferentemente de um firewall tradicional o firewall de DNS, além de bloquear e redirecionar usuários a fim de evitar o acesso sites maliciosos, também age de forma mais ampla, em camada e fases diferentes do DNS, reduzindo o risco de perda, bloqueio ou comprometimento de dados.

Em princípio, essa tecnologia oportuniza proteger mais dados, auxilia a isolar dispositivos comprometidos e mantém visíveis e atualizadas as informações sobre os ataques maliciosos, por meio de um feed de ameaças automatizado.

Uma boa dica para todos os portes de empresas, mas especialmente para as médias e pequenas empresas, é pesquisar e se informar sobre soluções e tecnologias acessíveis.

Tanto economicamente, quanto pela facilidade de utilização. Nem todas as soluções disponíveis no mercado são baratas ou simples de operar. Além disso, invariavelmente, o suporte disponibilizado é apenas em inglês.

Uma vez que pequenos e médios empresários acabam por se envolver diretamente nos processos de gestão de suas empresas, faz toda diferença poder acompanhar e controlar os processos de segurança na internet em português e de forma totalmente intuitiva e fácil.

Por que investir para reduzir risco de ataque ransomware com firewall DNS?

firewall de DNS

Da mesma forma, a resposta a essa pergunta é simples e totalmente pragmática. Ou seja, porque é mais fácil e barato prevenir do que remediar.

Até porque, sem prevenção nem proteção para evitar ataques ransomware, o impacto e os prejuízos decorrentes nem sempre podem ser revertidos. Consequentemente, podem ser fatais para qualquer empresa. Principalmente, para médias e pequenas empresas.

Ademais, todo empresário sabe a dor e a delícia de ter seu negócio próprio. Por conta disso, quase sempre, são práticos e objetivos. Pois conhecem, como ninguém, sua empresa (ou deveriam) e sabem a importância da gestão e da economicidade.

Por analogia, a gestão dos processos de segurança na internet tem conexão direta com a economia de recursos, que ficam disponíveis para investimentos e para a consecução do negócio de cada empresa.

A falta de investimento com o propósito de mitigar o ataque ransomware, por exemplo, é, em si, um risco que os empresários não deveriam correr. Visto que essa omissão administrativa pode levar a:

  • prejuízos com a perda de dados (temporária ou permanente);
  • prejuízos decorrentes da interrupção na produção ou prestação de bens e serviços;
  • prejuízos financeiros diretos em função da paralisação das atividades e operações que geram receita;
  • prejuízos financeiros para tentar remediar a situação ou ceder à extorsão de um ataque ransomware; e
  • prejuízos para a reputação de sua empresa.

Mas, afinal, como as pequenas e médias empresas podem prevenir ataques cibernéticos?

como prevenir ataques cibernéticos

Seja como for, a falta de investimento sempre leva a prejuízos. Cabe às empresas gerir esses riscos da mesma forma que busca, por exemplo, evitar o desperdício de tempo dos colaboradores em sites e redes sociais.

A solução para esse tipo de desperdício e para reduzir o risco de ataque ransomware ou investidas cibernéticas mais comuns, sem dúvida, passa pela tecnologia.

Nesse sentido, deve começar com boas práticas de segurança na internet e por uma adequada e customizada solução firewall de DNS.

Reduzir o risco de ataque ransomware com Firewall de DNS

firewall de DNS

Diante do cenário do aumento dos incidentes de ataques cibernéticos e do contexto da necessidade de investimentos para reduzir o risco de ataque ransomware, uma solução firewall de DNS é fundamental.

Os pequenos e médios empresários precisam entender que suas empresas são alvos, sim, quando se trata de exigir dinheiro para desbloquear ou devolver dados e acessos.

Em contraste, quanto menos preparadas mais fáceis e preferíveis se tornam para hackers e ataques ransomware, independentemente da motivação.

Seja como for, algumas investidas maliciosas têm apenas o intuito de invadir o maior número possível de sistemas e formar uma “reputação” para o hacker. Outras, objetivam acessar dados e informações que permitam vantagem estratégica na tomada de decisões. Ainda, existem as que, por exemplo, pretendem o roubo de dados para venda a concorrentes ou na Deep Web.

Por isso é tão importante que seja implementado um firewall de DNS para prevenir, proteger e reduzir o risco de ataque ransomware ou outras formas de ataques virtuais.

Nesse sentido, é preciso compreender que não existe solução mágica que evite ataques. O que existe, sim, são boas práticas e a sistematização dos processos de segurança da informação por meio da tecnologia. Também, que é pelo DNS que as ofensivas maliciosas iniciam.

Enfim, o propósito e a relevância de um firewall de DNS: reduzir o risco de ataque ransomware.

A Lumiun Internet Security, desde 2016, desenvolve e aprimora soluções e tecnologias que ajudam milhares de usuários a melhorar a segurança e a produtividade na internet em pequenas, médias e grandes empresas. Converse com um consultor e solicite uma demonstração.

Posts Relacionados